Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Experiência do Usuário (UX): qual a importância no e-commerce?

Você tem um ótimo produto, preços competitivos mas ainda assim não consegue vender o que precisa? O problema pode ser a experiência do usuário (UX) dentro do seu e-commerce!

Conhecendo o UX Design

UX Design é uma área da comunicação que abrange todos aspectos da interação do usuário com uma marca, serviços ou produtos.

Os profissionais que lidam com essas situações são os chamados Designers UX. A palavra designer não significa que ele vai lidar com a parte visual, essa parte é deixada para o UI Designer (vamos conhecer mais sobre esse profissional em outros posts). O UX trabalha com questões como quando, onde, por que e como alguém usa um determinado produto ou site, ou seja, praticamente tudo que afeta a interação do consumidor com o seu e-commerce.

Sintetizando:

O intuito do UX Design é tornar a experiência do usuário algo realmente efetivo e inesquecível.

Meu e-commerce não gera uma boa experiência, e agora? Recomendamos que se possível você contrate um UX Designer para te ajudar, mas caso você ainda não possa fazer isso, aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a melhorar a taxa de conversão da sua loja virtual. 

1. Seja rápido!

As pessoas estão cada vez mais impacientes. Um estudo feito pela Universidade de Massachusetts com sites de streaming de vídeos e outras páginas web mostrou que pode-se perder usuários a cada segundo em que o usuário aguarda o carregamento.

Em um mundo onde mais de 70% dos usuários utilizam seus smartphones para realizar compras, ainda existem sites que recebem o usuário com uma tela de loading e o fazem aguardar em média 20 segundos (sendo otimista) para finalmente acessar o conteúdo, tempo que em muitos casos não é esperado.

experiência do usuário

Agilidade no carregamento da página inicial do e-commerce e dos produtos é fundamental para garantir uma boa experiência de compra.

Vale lembrar do estudo da Amazon sobre o tempo de espera de carregamento de páginas, que mostra que a cada 100 milissegundos de espera representa uma queda de 1% nas vendas, ou seja, a cada segundo que passa você tem uma chance menor de vender.

Para facilitar ainda mais, traga o exemplo para o seu dia-a-dia. Quantas vezes você já pagou mais caro em um produto que está em promoção na loja do lado só para não encarar aquela fila interminável?

2. Pense na hierarquia

Coloque o destaque no que você quer que o consumidor veja primeiro, dê preferências para as informações sobre o produto, promoções, novidades no topo da página. Verifique as palavras mais buscadas dentro do seu site para definir essa prioridade, isso pode facilitar a sua venda.

3. Facilite o processo de compra

Parece uma dica um pouco boba, mas já reparou na quantidade de e-commerces que te fazem um milhão de perguntas antes de finalmente te deixarem finalizar a compra?

Tente reduzir ao máximo a quantidade de passos para a finalização de uma compra, quanto mais cliques, maior é a chance de perder a venda.

Se mesmo retirando todas as informações em excesso ainda ficar um pouco grande, segmente as etapas, mostre ao usuário o que o aguarda e que rapidamente a compra vai se concretizar. 88% dos consumidores online alegam menos chance de retornar a um site depois de uma experiência de uso negativa (Fonte: eConsultancy).

Prepare seu e-commerce para receber bem seu usuário, assim como você receberia um amigo em sua casa. Assim, você vai vender mais e melhor.

Quer aprender mais sobre o assunto? Veja o nosso post sobre as boas práticas para aprimorar a experiência do usuário em lojas virtuais clicando aqui.

Por: Evergton Rodrigues/UI & UX Designer

 


Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (85% score) - 1 vote

Quer aumentar o seu ROI?

Contrate a melhor agência de Inbound Commerce do Brasil

Contrate agora

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inbound Commerce – O Maior Blog de Inbound para E-commerce