Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

SEO para inbound commerce: Parte 1

Com o crescimento acelerado no setor de e-commerce, com previsão de aumento de 8% de faturamento para 2016 (E-bit WebShoppers 33ª edição), a competitividade está cada vez mais acirrada e o trabalho de otimização para ferramentas de busca se torna ainda mais importante. Para não comprometer seu ROI (Retorno Sobre Investimento), é necessário não deixar oportunidades que podem ser aproveitadas.

Com as atualizações Panda e Penguin do Google nos últimos anos, a restrição se tornou maior para evitar conteúdos duplicados. Na estrutura dos sites de e-commerce, os quais possuem uma inserção grande de palavras repetidas como o nome dos produtos, se destacar no virtual é um desafio. O SEO para inbound commerce se trata mais do que a otimização de palavras-chave, ele faz parte de uma estratégia de marketing digital integrada. Segue a parte 1 do nosso conteúdo com algumas estratégias de SEO para inbound commerce que irão elevar sua loja virtual nas pesquisas.

Estrutura

É preciso aproveitar qualquer oportunidade para tentar melhorar o desempenho de SEO em lojas virtuais e isso começa com a estrutura do site. A programação deve ser feita com código limpo, design responsivo e uma resposta de SEO otimizada para evitar que sua loja fique perdida nas buscas orgânicas. Procure por uma estrutura que melhore a velocidade e performance de suas páginas. Seu site não vai ter um número alto de conversões se ele demora muito para carregar ou dificulta a navegação. Não use imagens grandes que sejam desnecessárias, animações ou vários itens por página. Uma forma de melhorar o SEO é quebrar seu conteúdo em categorias e criar páginas em torno disso. Uma boa ferramenta para fazer sua análise de SEO é o SEMrush. Apesar de paga para planos com opções de recursos maiores, fornece dados interessantes de forma grátis.

Links

Planeje os links internos do blog. As URLs amigáveis facilitam a busca, tornam suas páginas mais objetivas e permitem uma melhor colocação nas buscas. O Google faz uma leitura do seu site ligando o que o usuário digita nos buscadores e os resultados mais relevantes com relação à palavra-chave. Um exemplo de mudança de um link não amigável para um otimizado é:
Não amigável: www.meuecommerce.com/cristalpedraescuro

Amigável: www.meuecommerce.com/cristais/cristaldepedrapreto

Após alterar para uma URL amigável, com nome da categoria do produto e o nome do produto da forma que o usuário pesquisaria, os acessos à sua página aumentam e, consequentemente, sua taxa de conversão.

Essa foi a primeira parte do nosso conteúdo sobre práticas de SEO para inbound commerce. Quer unir boas práticas de SEO com o inbound marketing para o seu e-commerce? Conheça mais com o segundo post sobre SEO para inbound commerce!

Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (93% score) - 1 vote

Quer aumentar o seu ROI?

Contrate a melhor agência de Inbound Commerce do Brasil

Contrate agora

Comentários

  1. […] em atrair clientes qualificados. Isto é possível por meio de práticas de SEO, o que tratamos aqui. Clientes qualificados já sabem porque adquirir seus produtos, quais são as funcionalidades e […]

  2. […] Qualquer processo de compra online começa com uma busca, normalmente por meio de perguntas em  ferramentas de pesquisa. Garanta o seu destaque nas buscas orgânicas: com análises e monitoramento, busque por palavras-chave, otimize suas páginas, crie conteúdos de valor e links em torno de cada um deles que irão conversar com suas buyer personas. Por exemplo: se você possui um e-commerce de roupas femininas de inverno, garanta que seu site terá uma boa visualização das imagens, insira palavras-chave como frio, inverno, casacos femininos, separe seus produtos em categorias e crie URLs amigáveis. Entenda mais sobre SEO aqui. […]

  3. […] também procuram a palavra-chave nesse endereço para melhorar a classificação do seu texto. Para SEO de produtos no E-commerce, o conceito é o […]

  4. […] O SEO de sua página deve participar de todos os itens que virão a seguir, elevando sua loja nos rankings de busca orgânica. Em pesquisa recente da Conversion, empresa brasileira especializada em Search Engine Optimization (SEO), constatou-se que a busca orgânica tem 34% de participação em vendas no e-commerce. […]

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inbound Commerce – O Maior Blog de Inbound para E-commerce