Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como vender mais no e-commerce

Assim como não existem tesouros depois do arco-íris, aqui também não há mágica para transformar trabalho duro em altos ganhos. Mas caso você possua a determinação necessária, aconselhamos a ficar nesse post. Vamos te explicar, sem mágica, como vender mais no e-commerce.

Lembre-se, não se trata de aumentar seu faturamento a curto prazo. Esse trabalho terá resultados a médio e longo prazo e envolverá um conjunto de ações. Eis algumas delas com links para posts que exploram cada assunto com mais profundidade.

Para aumentar o nº de visitantes:

Investir em anúncios

Como AdWords e Bing é fundamental para que seu e-commerce obtenha visibilidade. Destacamos também o papel de anúncios nas redes sociais, como Facebook e Instagram neste momento: promover sua loja, é um passo primordial. 54,9% das pessoas que concluem uma compra chegam por esse meio.

Redes sociais

Importantes para valorização dos produtos, as redes sociais também são bastante eficientes para encaminhar os usuários através de links para o e-commerce.

Formadores de opinião

Estar em contato com formadores de opinião como blogueiros e youtubers de relevância e que tenham o mesmo apelo que a sua marca também é bastante válido. Esses influenciadores falam direto com o público que por consequência, conhecerá sua loja mais rápido.

Blogging

Apostar no próprio blog para e-commerce, mesclando conteúdo geral e informações sobre os produtos ofertados. Ter o próprio blog e trazer mais informações relacionadas ao negócio gera credibilidade perante os usuários. Torna os leitores mais “íntimos”, uma vez que se sentem em casa, acompanhando pelo blog do seu e-commerce, quem realmente a marca é, como atua, conversa (interação é essencial), gostos, afinidades com esse cliente em potencial e consequentemente, atrai mais visitas para o e-commerce.

Para aumentar a taxa de conversão:

Abandono de carrinho

Vários são os motivos pelos quais um carrinho de compras é abandonado antes de finalizar a transação. Os mais citados entretanto, continuam sendo o valor alto do frete, sites confusos e não confiáveis. Como está o seu site nesse momento?

Experiência do usuário (UX)

Você atende o seu consumidor ou o incomoda? Talvez este seja o passo mais importante. Interagir e engajar seu público fará toda a diferença. Mas se o seu público não se sentir abraçado pela sua marca, sentir dificuldades ou insegurança para navegar ou se nem sequer chegar a ver um anúncio que o atraia para dentro do seu site, então existem sérios problemas.

Promoções por tempo determinado

Assim como aquele cupom de desconto que só vale para hoje até meia-noite, lojas virtuais também devem  contar com as suas promoções. Que promoções geram lucro já sabemos, mas nada melhor para garantir lucro certo e rápido do que promoções que lidem com a urgência da compra. O sentimento de urgência faz com que os visitantes fiquem mais receptivos a finalizar suas compras, já que depois não terão novamente a chance de levar aquele produto.

Remarketing

Conhecidos como “anúncios perseguidores”, o remarketing faz com que depois de um produto visualizado, anúncios exibam esse mesmo produto (ou produtos semelhantes) web afora. Assim, por se tratar de um lembrete constante da marca, possui alta taxa de conversão.

Email marketing

Uma ferramenta eficaz que também exige seus cuidados. Caso seja uma newsletter, precisa conter conteúdo exclusivo e bem trabalhado sobre a marca. Se a proposta do email é chamar para uma promoção, é aconselhável que se use uma chamada criativa, preço e desconto logo no assunto do email. Além do formato próprio que esse email marketing deva ter e uma call to action que leve o visitante para o e-commerce desejado. Lembrando ainda que o email marketing é usado em várias das estratégias citadas acima, sendo ferramenta valiosa para o abandono de carrinho, blog, promoções e remarketing.

Conclusão

E a pergunta que não quer calar: vale investir tanto assim no e-commerce? Com certeza! Segundo dados da E-Bit, no Brasil são mais de 60 mil lojas online. Em meio a crise econômica, as empresas encontraram na internet um modo de alavancar as vendas e promover seu negócio. Se o comércio de um modo geral teve resultados ruins, para as lojas online foi totalmente o oposto no primeiro semestre de 2015.

Quer aumentar suas vendas e ter um 2019 lucrativo? Baixe gratuitamente o nosso calendário estratégico de e-commerce!

Esse conteúdo foi útil?
5.00 avg. rating (89% score) - 1 vote

Quer aumentar o seu ROI?

Contrate a melhor agência de Inbound Commerce do Brasil

Contrate agora

Comentários

  1. Rudi Cypriano disse:

    Excelente texto! Parabéns pelo texto explicativo e altamente didático.

    1. rodrigo disse:

      Obrigado Rudi! Espero que tenha te ajudado. Qualquer dúvida, conte com a gente.

  2. […] é hora de investir nas melhores estratégias para vender mais no seu e-commerce! Acesse nosso artigo aqui para saber tudo sobre estratégias de venda […]

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inbound Commerce – O Maior Blog de Inbound para E-commerce