Pesquise por hashtags, nomes, e assuntos Pesquisar

Fechar

Como medir e melhorar a velocidade de carregamento do e-commerce

Para decidir quem fica nos primeiros lugares nas buscas do Google, o algoritmo do serviço leva em consideração diversos pontos. Um deles é a velocidade do site, fator de extrema importância, não apenas para o ranqueamento nas buscas, mas também para a melhor experiência do usuário.

Seu e-commerce é otimizado e entrega uma boa velocidade de carregamento? Confira como medir essa característica e como deixar o site mais rápido.

PageSpeed Insights

Antes de começar a trabalhar com o objetivo de aumentar a velocidade do site, é necessário verificar como está a situação atualmente.

Para fazer isso, é recomendado utilizar o PageSpeed Insights, serviço gratuito oferecido pela Google. Para fazer o teste, é só colocar o endereço do site na caixa de busca e esperar os resultados.

velocidade do site - inbound commerce

Dashboard de buscas do PageSpeed.

Os resultados são exibidos tanto para o carregamento em dispositivos móveis quanto em computadores. Sites com pontuação acima de 90 são considerados rápidos, enquanto entre 50 e 89 estão no nível médio. Aqueles com pontuação inferior a 49 são considerados lentos.

Além do PageSpeed, você pode utilizar o Test My Site, serviço da Google que analisa a velocidade do site em conexões móveis.

Cache do navegador

Toda vez que um usuário visita um site pela primeira vez, o navegador precisa baixar seu documento HTML, as folhas de estilo e outros elementos da página, o que pode levar alguns segundos. Ao ativar o cache do navegador, as próximas visitas à página utilizarão esses dados para carregar de forma mais rápida.

O processo para permitir a habilitação do cache varia de acordo com o servidor do site. Por isso, é recomendado entrar em contato com o servidor para verificar como habilitar o recurso em cada caso.

Redirecionamentos

Os redirecionamentos são, muitas vezes, necessários para evitar quebra de links em situações específicas, como na migração do e-commerce. Eles também são muito usados nas versões mobile dos sites, redirecionando o usuário da versão desktop para a adequada.

velocidade do site - redirecionamentos

Por mais que sejam úteis em certas ocasiões, redirecionamentos deixam o site mais lento.

Porém, quanto mais redirecionamentos, menor será a velocidade do site. Por conta disso, vale a pena reduzir a quantidade deles, o que pode aumentar consideravelmente o índice.

Compactação gzip

A compactação gzip é muito utilizada para tornar um site mais ágil. Ele compacta os arquivos HTML, folhas de estilo e outros elementos das páginas, diminuindo a quantidade de dados que o navegador do visitante precisa baixar.

Alguns relatos mostram que a compactação pode diminuir o peso dos arquivos em até 70%.

Essa forma de compactação pode ser feita por meio de plugins, como o WP Rocket e W3 Total Cache.

Rede de Distribuição de Conteúdo

A CDN (Content Delivery Network), ou Rede de Distribuição de Conteúdo, consiste em uma grande rede de servidores espalhadas pelo mundo, com o intuito de regionalizar o armazenamento da página. Na prática, isso faz com que os dados da página baixados pelo usuário venham de um servidor próximo a ele, diminuindo a latência.

Esse processo é feito a partir de, principalmente, plugins que são instalados diretamente no e-commerce. Para certificar-se que o funcionamento deles será o ideal, é recomendado entrar em contato com o servidor e verificar quais serviços são compatíveis com o contrato.

Imagens do site

A otimização das imagens presentes no site é uma das soluções mais rápidas e fáceis para aumentar a velocidade do site. Essa otimização deve começar na hora de tratar as fotos: programas de edição de imagens, como o Photoshop, contam com uma opção chamada exportar para a web.

Ao selecionar essa alternativa, a imagem gerada é leve e otimizada para o uso na web. Além disso, existe a possibilidade de instalar plugins diretamente no e-commerce, que otimizam e comprimem todas as imagens subidas nele.

O esforço para melhorar a velocidade do site deve ser constante. Checando sempre como ela está e mantendo as melhores práticas, o e-commerce fica pronto e atrativo para o cliente que deseja fechar a compra.

Vai fazer a migração do seu e-commerce? Baixe gratuitamente o nosso e-book com tudo que você precisa conferir para migrar sem problemas!

Esse conteúdo foi útil?
0.00 avg. rating (0% score) - 0 votes

Quer aumentar o seu ROI?

Contrate a melhor agência de Inbound Commerce do Brasil

Contrate agora

Fala pra gente o que achou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Inbound Commerce – O Maior Blog de Inbound para E-commerce